Você está aqui: Home » Notícias » Notícias de 2015
Domingo, 26 Mar 2017

Notícias de 2015
Notícias de 2015

Notícias de 2015 (24)

Segunda, 22 Fevereiro 2016 22:11

Vídeos 10 FEST (2015)

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

 

CLIQUE NO CHEFE PARA VER O VÍDEO


 

Decorreu, a 13 de Novembro, no Anfiteatro Lounge, a entrega dos prémios de mérito GRUPO BENSAUDE, no âmbito da parceria que as entidades mantém.

 

Procurou-se desta forma reconhecer o formando com melhor desempenho académico que passou pela EFTH, entre 2012 e 2015.

 

O prémio coube ao formando Hugo Ponte que frequentou com mérito o curso Técnico de Restauração - Restaurante/Bar.

 

Para ter acesso à Galeria de Fotos, clique aqui

Sexta, 06 Novembro 2015 12:00

Açores numa Fusão de Sabores

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

Numa iniciativa da GRATER, o chef Pedro Oliveira participou na apresentação do livro de receitas elaborado pela Escola de Formação Turística e Hoteleira - Anfiteatro Restaurante / Lounge

 

Confira a galeria de fotos do evento (site da Grater) aqui

 

Veja o livro online aqui

 

Veja o livro no Pinterest aqui

Sexta, 06 Novembro 2015 11:44

II Edição - Açores em Lisboa

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

Decorreu no passado dia 30 de outubro o jantar da II Edição - Açores em Lisboa. Os Chefs da EFTH e do Altis Grand Hotel prepararam um menu com o melhor dos Açores.

 

Confira a galeria de fotos aqui

A Escola de Formação Turística e Hoteleira (EFTH) conquistou uma medalha de Ouro no concurso Anual da Associação Europeia de Escolas de Hotelaria e Turismo (AEHT), que decorreu nos passados dias 5 a 10 de Outubro, em Cervia.

 

À semelhança dos anos anteriores, participaram centenas de alunos de cerca de mais de 40 escolas e institutos de dezenas de países europeus, que disputaram provas em 10 categorias (Haute Cuisine, Nouvelle Cuisine, Pastelaria, Receção, Serviço de Vinho, Cocktails, Barista, Serviço de Restaurante, Destinos Turísticos, Gestão Hoteleira, e a Competição de Cozinha Decatlhon)

 

A formanda Júlia Medeiros, alcançou medalha de Ouro na prova de Nouvelle Cuisine.

 

Esta é mais uma medalha conquistada por formandos da EFTH, facto que acontece consecutivamente desde 2009. A EFTH iniciou a participação neste concurso anual em 2006.

Quarta, 21 Outubro 2015 15:25

Comemoração do Dia Mundial da Alimentação

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

A Escola de Formação Turística e Hoteleira comemorou, no dia 16 deste mês, o Dia Mundial da Alimentação, no refeitório da escola.

Durante as 12h00 e as 15h00, toda a comunidade escolar pôde degustar gratuitamente sopas, bem como bebidas saudáveis, confecionadas pelos formandos dos cursos Técnico de Restauração – Cozinha/Pastelaria e Restaurante/Bar, ambos do 2.º ano.

Com o auxílio dos formadores da área técnica, os formandos de Cozinha/Pastelaria confecionaram sopa de carne, caldo verde, acompanhado com broa, e creme de alho francês com croûtons. Já os formandos de Restaurante/Bar, igualmente coordenados pelos formadores da área técnica, apresentaram à comunidade escolar iced tea de laranja, água aromatizada de morango e refrigerante de ananás com água de coco.

Terça, 09 Junho 2015 12:53

Cocktail Shark Bate

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

Ingredientes:

Vodka Pure Azores

Sumo de Limao Natural

Gengibre

Erva Príncipe

Xarope de gengibre

Clara de Ovo

 

Colocar tudo no shaker.

Abanar bem e coar duas vezes para o copo.

 

Decorar com ananás desidratado.

Terça, 09 Junho 2015 12:45

Entrevista a Paulo Pereira

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

1. Como surgiu a ideia de participação no Shark Tank?

A ideia de participar no Shark Tank, surgiu num dia em que eu cheguei a casa e vi o anúncio na televisão para as inscrições no programa. Como já tinha participado no concurso regional IdeiaAçores com um projeto que estava relacionado com a minha área, achei que era uma boa oportunidade de levar o mesmo, e resolvi tentar a minha sorte.


2. Em que consiste o projeto apresentado ao júri?

O projeto consiste na produção de uma vodka com ananás regional e um subproduto que é a compota de ananás regional. A vodka poderá beber-se só com gelo ou, ainda, em forma de cokctail.


3. Porquê a escolha do ananás?

Porque o ananás é um produto regional com muitas potencialidades e no meu entender não está a ser bem aproveitado, isto é, acho que podia ser usado de outras formas, não só consumido em fruta e em compota. Além disso, valorizando o ananás, estamos também valorizando a nossa terra pelo que, futuramente, penso também trabalhar outros produtos regionais.


4. A seleção para o programa foi feita por diversas fases. Em que consistiu cada fase?

A seleção para participação no programa foi feita por três fases, a primeira composta por uma entrevista com os produtores do programa, a segunda por uma entrevista com empreendedores com experiência empresarial e, por fim, a apresentação do negócio a um júri.

 

5. Que dificuldades surgiram durante as fases de seleção do programa?

A maior dificuldade foi ao nível dos números que tinha que apresentar ao júri, ter noção dos custos, do que ia ter que vender e a que valores.


6. Que apoios tiveste?

Tive dois apoios fundamentais, um por parte da EFTH, que me ajudou a encaminhar todo o projeto, tanto ao nível da gestão, como ao nível do desenvolvimento da bebida, e o outro por parte da Direção Regional da Juventude, que suportou todos os custos com a minha deslocação ao Continente. Sem esses apoios não teria conseguido participar neste programa.


7. Que propostas tiveste por parte dos tubarões?

Eu pedi quarenta mil euros por 25%. A primeira proposta foi do Tim Vieira que propôs cinquenta mil euros por 51%. Depois apresentaram uma segunda proposta de 50 mil euros por 50%, em que cada tubarão investia 10 mil euros por 10%.


8. O projeto foi aprovado. Atualmente, em que ponto vai o projeto?

O projeto foi aprovado e atualmente está em andamento. Infelizmente não foi possível por nenhum produto à venda antes da estreia do episódio na televisão. Isto seria um ponto forte para o desenvolvimento da bebida, mas tive algumas complicações, principalmente com a pouca quantidade de ananás que há em certas épocas. Mas estou a desenvolver esforços para sair o mais breve possível.

O produto, em princípio, estará à venda em garrafeiras e em mercados gourmet.


9. Na tua opinião, que vantagem a participação no programa te poderá trazer a nível profissional?

A participação num programa de televisão deste tipo só traz vantagens, ainda mais quando é algo relacionado com a nossa área de formação. Mesmo que a resposta por parte dos tubarões tivesse sido negativa, a experiência já tinha sido uma mais-valia para mim.

 

10. Que balanço fazes desta participação?

Só fiquei a ganhar com esta participação. Conheci pessoas importantes, não só no mundo dos negócios, mas também no meu setor de trabalho. Foi uma mais-valia para o meu percurso, aprendi muitas coisas sobre as bebidas com que trabalhamos todos os dias, o que só me enriqueceu. O balanço final é muito positivo.

 

Quero aproveitar para agradecer à Escola de Formação Turística e Hoteleira, em especial aos Chefs do curso Técnicas de Restauração-Restaurante/Bar, ao Dr. Filipe Rocha, à Dra. Marlene Damião, à professora Cristina Furtado e ao professor Humberto Mendonça. Também quero agradecer ao Dr. João Crispim, aos meus amigos e familiares.

Terça, 09 Junho 2015 12:21

Formando da EFTH participa no Shark Tank

publicado em Notícias de 2015 Escrito por Carlos Picanço

Paulo Pereira, formando do segundo ano do curso Técnico de Restaurante/Bar (nível IV), apresentou com sucesso o seu projeto “Alfazeta” no programa Shark Tank.

A ideia consiste na produção de uma vodka e de uma compota de Ananás dos Açores. Esta iniciativa foi vista com entusiasmo por parte dos cinco “tubarões” que propuseram investir 50.000 euros por 50% da empresa.

Recorde-se que este projeto já tinha alcançado sucesso ao ganhar o terceiro lugar na segunda edição do concurso regional IdeiaAçores, realizado em 2014, no âmbito do programa “Educação Empreendedora: O Caminho para o Sucesso”.

A Escola de Formação Turística e Hoteleira orgulha-se assim de contribuir para mais um caso de sucesso a nível nacional, que tem por base o conhecimento técnico, o empenho, a dedicação e a vontade de arriscar. À capacidade de iniciativa do formando, a Escola respondeu com o know-how, o apoio técnico nos equipamentos e nos produtos, bem como na elaboração do plano financeiro. As despesas relativas à participação no programa ficaram a cargo da Direção Regional da Juventude.

Para Paulo Pereira, a participação no Shark Tank é um grande mais-valia para o seu futuro, sendo uma experiência enriquecedora que pode representar também uma motivação para todos os jovens dos Açores que tenham vontade de arriscar.

O produto estará brevemente à venda em garrafeiras e em mercados da especialidade.

Pág. 1 de 2